ÓRGÃOS COLEGIADOS

Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão também apresentou proposta de regularização do calendário acadêmico

Vice-reitor Enrique Huelva e decano de Ensino de Graduação, Diêgo Madureira, abordaram proposta de regularização do calendário acadêmico e destacaram necessidade deste passo para organização dos compromissos da Universidade. Imagem: Reprodução/UnBTV


O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Universidade de Brasília (UnB) aprovou, por unanimidade, uma resolução que amplia a dupla diplomação para todos os cursos e simplifica a gestão das vagas e editais de mudança de curso, transferência facultativa e portador de diploma de curso superior. A partir de agora, o ingresso para estas modalidades passa a acontecer semestralmente, e não mais anualmente como ocorria até o momento.

 

As vagas remanescentes serão ofertadas para os alunos da Universidade da seguinte forma: 70% das vagas para mudança de curso e 30% para dupla diplomação. As vagas não ocupadas nos editais internos serão ofertadas para o público externo, sendo 70% para transferência facultativa e 30% para portadores de diploma de curso superior.

 

Para concorrer à dupla diplomação (autorização para o estudante cursar um segundo curso de graduação), o estudante deverá ser provável formando no semestre de solicitação, ter Índice de Rendimento Acadêmico (IRA) superior a 3,0 (três) e ter concluído 70% do curso pretendido. Antes, a dupla diplomação era permitida entre bacharelado e licenciatura, da mesma área. Agora, é permitida entre qualquer graduação.

 

Outra mudança aprovada pelo Cepe é a possibilidade de flexibilização de critérios para participação em editais internos. “Em relação a esses processos, retiramos algumas restrições”, disse o decano de Ensino de Graduação, Diêgo Madureira, referindo-se, por exemplo, à possibilidade de estudantes que ingressaram na Universidade por meio de convênios como o PEC-G também poderem participar dos processos.

 

CALENDÁRIO ACADÊMICO – O conselho também apreciou a sugestão de regularização do calendário acadêmico da Universidade. A proposta organiza os próximos quatro semestres e compatibiliza o calendário civil com o acadêmico em dezembro de 2023.

Confira a proposta de regularização do calendário acadêmico. Imagem: Reprodução/UnBTV

 

Entre os semestres, haveria intervalos de, no mínimo, trinta dias. “A ideia é que aproveitemos o próximo ano, que começaremos em janeiro, para regularizar, e voltemos ao modelo normal do calendário a partir de 2023”, explicou Diêgo Madureira.

 

Para o vice-reitor Enrique Huelva, a medida é necessária para que os compromissos da Universidade, como pagamento de bolsas, por exemplo, sejam honrados de acordo com o período vigente. Além disso, ele ressaltou que a definição do calendário auxilia estudantes e docentes em suas organizações sobre férias, pós-doutorados, pesquisas, estágios, formaturas, entre outras atividades.

 

“Precisamos de uma proposta de calendário acadêmico que contemple a regularização tanto em relação ao calendário civil, quanto com relação ao calendário fiscal e orçamentário do país, que são dois elementos que ficam prejudicados quando temos esse descompasso”, defendeu.

 

As unidades acadêmicas terão 15 dias para analisar a proposta, que será votada na próxima reunião do Cepe, que deve ocorrer no dia 9 de dezembro. 

 

Confira a 634ª reunião do Cepe:

 

Leia também:

>> UnB estreita parceria com o Japão

>> Estão disponíveis os novos editais do Programa de Avaliação Seriada

>> Publicada resolução que define retorno ao trabalho presencial

>> UnB e Secretaria Nacional da Família assinam TED sobre equilíbrio entre trabalho e família

>> UnBTV é homenageada na Câmara Legislativa do Distrito Federal

>> Em seminário da Fiocruz, reitora defende recomposição de orçamento das universidades

>> Novembro Negro na UnB segue com atividades até o final do mês

>> Observatório da UnB irá monitorar contexto socioeconômico e políticas públicas no DF

>> Faculdade UnB Gama torna-se autossustentável em energia limpa e renovável

>> Estudantes de graduação podem se inscrever em programa de mobilidade virtual até 24 de novembro

>> Ensaio fotográfico de doutorando em Direito ganha prêmio nacional

>> Saiba como comunicar suspeitas e casos de covid-19 à Universidade

>> UnB em Ação: um ano de ações sistemáticas de combate à pandemia

>> Nova funcionalidade do app Guardiões da Saúde facilita o monitoramento de casos de covid-19 na UnB

>> UnB divulga guia de recomendações para prevenção e controle da covid-19

>> DPI lança portfólio e painéis com dados sobre infraestrutura de pesquisa e inovação da UnB

>> Webinário apresenta à sociedade projetos de combate à covid-19

>> Copei divulga orientações para trabalho em laboratórios da UnB durante a pandemia de covid-19

>> Coes publica cartilha com orientações em caso de contágio pelo novo coronavírus

>> UnB cria fundo para doações de combate à covid-19

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.